A importância do layout de um armazém para o sucesso das operações

Por Juliana Cachali

É comum observarmos, espaços corporativos visualmente bem definidos e adequados, no entanto operacionalmente falhos e mal distribuídos. A ausência de planejamento, administração e adequação do espaço físico de um armazém, pode ocasionar diversos prejuízos para a organização e todas as operações a elas envolvidas. Quando os espaços são mal planejados e distribuídos, todo o processo acaba sendo comprometido, gerando custos, retrabalhos e demandas desnecessárias durante as operações. Por este motivo, a análise da distribuição física e elaboração do layout de um armazém, é de suma importância para o sucesso do negócio.
O Layout é como um “molde” do armazém, tratando-se portanto, de um planejamento para utilização de todo o espaço físico da melhor forma possível, com o objetivo de obter maior acessibilidade, eficiência na localização dos produtos, segurança na execução das tarefas, e preservação da qualidade dos produtos estocados. Esta composição, é o que determina de fato, a sua forma, aparência e modo de trabalho.
O arranjo, bem como o layout do espaço, tem como finalidades básicas, a redução de desperdício de materiais, melhor aproveitamento das áreas de trabalho, contribuição para melhores condições de trabalho, além do aumento da capacidade produtiva, gerando resultados extremamente positivos, para todos os departamentos envolvidos. A disponibilização do espaço e a forma de localização dos produtos deve contribuir e agregar com as atividades de administração de materiais, planejamento da produção, processo de movimentação e gerenciamento dos recursos.
Portanto, para que o fluxo das operações aconteça de forma prática e dinâmica é fundamental que seja realizada uma análise precisa do espaço disponível, relacionando-o com a distribuição dos equipamentos, estrutura, móveis, pessoas, redes e tudo o que existe fisicamente e que impacta diretamente no trabalho realizado dentro de um armazém. O preparo e a manutenção do espaço físico organizacional tem grande influência no desenvolvimento e na otimização dos processos e também nas tarefas que são executadas, já que estas, quando bem definidas, podem contribuir para a geração de lucros reais.

Deixe uma resposta

Seu email não foi publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>