Equipes trabalhando em equipe

Equipes trabalhando em equipe

Por Alex Braga*

Praticamente todos os dias no ambiente corporativo, lidamos com diversas situações que por razões obvias não podem ser resolvidas individualmente. Diferente do panorama que tínhamos em algumas organizações antigamente aonde era comum a centralização do poder de decisão, hoje vivemos em um ambiente que não só desencoraja a prática de ações individuais, como também incentiva a realização de atividades em grupo.

Descentralização das ideias.

Na realização do trabalho em equipe, cada colaborador contribui com uma pequena parcela, daquilo que amanhã poderá se tornar uma grande ideia ou projeto em sua organização. Quando digo pequena parcela, não quero desmerecer a contribuição de ninguém, mas sim quero apenas enfatizar que devido a grandiosidade de alguns projetos, a distribuição das responsabilidades ocorre de maneira proporcional, permitindo assim que um número maior de envolvidos contribua de maneira direta ou indireta a evolução destas atividades.

O que era diferencial tornou-se essencial.

Acredito que hoje não é preciso enfatizar, a necessidade do trabalho em equipe e a importância que isto exerce em qualquer organização seja ela de natureza pública ou privada. Embora os impactos positivos desta prática exerçam excelentes resultados na qualidade dos produtos e serviços de qualquer instituição, devemos lembrar que o caminho que trilhamos para conquistar (e aceitar) esta nova cultura foi árduo e cheio de obstáculos. Como toda nova ordem de coisas, tivemos que derrubar alguns conceitos que de tão ultrapassados, por pouco não acabaram por dar um significado adicional a palavra preconceito. Dentre todas estas dificuldades, a característica mais difícil de modificar, também é aquela que nos define como seres humanos, que é a capacidade de conceber e defender os ideais pelos quais acreditamos. Desde o início desta jornada, temos progredido muito, e estamos colhendo os frutos desta mudança, contudo, são nestes momentos que começamos vislumbramos o longo caminho que ainda temos pela frente.

Um antigo conceito, em um novo cenário.

Uma maneira simples de compreender que o trabalho em equipe, nos permite desenvolver atividades e projetos que antes seriam impossíveis se fossem conduzidos por um só indivíduo, é considerarmos que cada colaborador dentro do seu campo de atuação (financeiro, operacional, compras etc.) contribui com o seu ponto de vista que embora seja focado na sua atividade principal, terá uma perspectiva única dentro do grupo, pois cada pessoa possui crenças, valores e formação distintas uma das outras. O grande desafio e talvez o novo paradigma das empresas atualmente, consiste em lidar com a exteriorização do conceito de trabalho em equipe. Hoje as parcerias consolidadas entre os diversos tipos de organizações, deram um novo sentido a forma como pensamos e trabalhamos em equipe. Mais uma vez, barreiras estão sendo derrubadas e não basta mais dominarmos apenas a nossa regra de negócio, mas sim também temos que conhecer a de nossos parceiros, pois o seu Know-How (e o trabalho em equipe de ambas as organizações) nos permite executar as nossas atividades, mantendo o foco daquilo que deve ser realmente importante para qualquer empresa que é a satisfação dos seus clientes.

1 comentário

Deixe uma resposta

Seu email não foi publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>