Motivação Pessoal: O diferencial competitivo para o sucesso de seu negócio

No mundo corporativo, não basta ter os melhores equipamentos, maquinários adequados, softwares e tecnologia para se destacar entre seus concorrentes. O capital humano é em via de regra o maior bem de uma organização, e que pode proporcionar o seu diferencial competitivo. Para isto, estas pessoas devem estar motivadas para mostrar seu potencial intelectual e sua criatividade na resolução de problemas e otimização de processos.

Independentemente do tipo de estrutura organizacional da empresa, seja Funcional, Matricial ou Projetizada, a valorização dos recursos humanos, nos diversos âmbitos, se torna fator fundamental de sucesso para o bom andamento dos negócios da empresa. Imagine um CEO, um keyuser ou um líder operacional deixando a empresa por insatisfação de forma repentina, isto, com certeza, acarretaria impactos negativos para a empresa.

Há várias teorias sobre motivação, entre elas, citamos:

  • Teoria de Maslow: nesta teoria acredita-se que a motivação pessoal está ligada diretamente à satisfação das necessidades, seguindo uma hierarquia conhecida como Pirâmide de Maslow. Onde seu ápice é a auto realização.

Piramide Maslow Recchia                                                        Fonte: PMBOK® – 5ª Edição

 

  • Teoria de McClelland: esta teoria se baseia em três necessidades principais para a motivação pessoal, onde cada pessoa se encaixa em uma dessas necessidades e devem ser gerenciadas priorizando a sua satisfação.
    • Conquista: priorizam o reconhecimento pessoal.
    • Socialização: buscam a aprovação da sociedade de maneira colaborativa.
    • Poder: preferem gerenciar e influenciar pessoas.
  • Teoria de Herzberg: se baseia em fatores higiênicos e agentes motivadores.
    • Fatores Higiênicos: benefícios sociais, clima organizacional, segurança, condições de trabalho e salário.
    • Agentes Motivadores: responsabilidade, autorrealização, crescimento profissional e reconhecimento.

Essas são apenas três das teorias mais relevantes para compreender o que leva uma pessoa a ter motivação no trabalho e na sociedade. É preciso se aprofundar em cada uma destas teorias e absorver o que elas têm de melhor a oferecer para a compreensão da motivação humana.

Como objetivo deste artigo, o importante é que os diretores e a alta administração da organização saibam analisar junto ao departamento de Recursos Humanos o perfil de cada indivíduo, proporcionando a ele a motivação necessária para que esta pessoa possa desempenhar sua atividade de forma dedicada, motivada e comprometida com a empresa.

Deixe uma resposta

Seu email não foi publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>